• Tendência Inclusiva

ACONTECE - SENAC/LAPA FAUSTOLO


SENAC/ Lapa Faustolo: de portas abertas para diversidade humana.

Os bons ventos estam a favor da inclusão da pessoa com deficiência. Muitas são as novidades, o SENAC/ SP faz parte dessas mudanças históricas. O verdadeiro sentido da palavra inclusão é interagir uns com os outros, pessoas com e sem deficiência respeitando toda e qualquer diversidade humana.

Moda e Corpo Social- O corpo da moda é o seu, projeto inovador de moda inclusiva desenvolvidos por docentes e alunos, unindo unidades em conhecimentos e troca de experiência, tudo em nome da inclusão da pessoa com deficiência em ter opções em consumo de roupas adaptadas, que atendam suas necessidades, conforto e seguindo tendências de moda, além de valorizar o mesmo como referencia do que é belo, afinal, somos todos diferentes e a beleza não é um assunto padronizado.

Trabalhos em equipe sempre têm bons resultados. Além da união entre as unidades, incluindo docentes e alunos de moda, designer, fotografia e funcionários com deficiência, SENAC também procurou parcerias de peso. O projeto tem como parceiros a Expor Manequins que desenvolveu três manequins de resina plástica representando a consumidor com deficiência nas vitrines, a empresa LadoB Moda Inclusiva, que leva a experiência em como desenvolver as peças com adaptações, Capricórnio Têxtil, que forneceu os tecidos e a CAV com apoio da agencia Kica de Castro Fotografias.

Objetivo é incentivar os futuros profissionais na inclusão das pessoas com deficiência, seja em editoriais de moda, passarela e também na criação de roupas adaptadas. Esse projeto foi pensando em cada detalhe. Os alunos de moda, tiveram a oportunidade de fazer pesquisa com os funcionários com deficiência do próprio SENAC. Foi elabora um questionário sobre as necessidades, o que falta no mercado de consumo. Roupas adaptadas além de ser um elemento de independência no vestir e despir da pessoa com limitações físicas, também é visto como ferramenta de auto-estima. Esse é um nicho pouco explorado no Brasil. Temos 46 milhões de consumidores, cerca de 24% da população com algum tipo de deficiência, que não deixam a moda de lado. Look é parte do visual, que transmitem um pouco de cada personalidade. As roupas adaptadas, fazem parte de uma exposição fotográfica, sobre o olhar dos alunos de fotografia. Os modelos são funcionários com deficiência das unidades participantes, que vão desfilar os looks desenvolvidos com adaptações, ao invés de ziper, presenças de velcro, botão com imãs, costura na parte de fora,ausência de costura na parte de trás, para cadeirantes, abertura lateral, etiqueta em braille, entre outras opções que facilitam o vestir e despir. Tudo será apresentado na passarela. Uma ressalta: parabenizar a empresa por cumprir a lei de cotas. Todos os detalhes, desse projeto, pode ser conferido dia 11 de dezembro, na unidade SENAC Lapa Faustolo.

Evento em grande estilo, onde as estrelas são as pessoas com deficiência. Presenças confirmadas dos paraolímpicos da Vela Adaptada Bruno Landgraf e Marinalva de Almeida, além da Miss Brasil revelação cadeirante, Caroline Marques.

A melhor parte, sempre fica no final, fechar com chave de ouro. A partir de 2015, Moda Inclusiva faz parte da grade curricular da instituição de ensino, um grande passo para inclusão, quando os futuros profissionais já vão para o mercado de trabalho com mente aberta para essa realidade. Moda inclusiva, bem vinda ao SENAC São Paulo.

#kicadecastro

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020