• Tendência Inclusiva

CelebrAR


Coluna Angélica Falci

O convite é para celebramos o nosso Ar. Isso mesmo... Vamos à busca de um AR mais leve e sem dores no peito que são muitas vezes provocados pela ansiedade que apavora e paralisa. A angustia e ansiedade andam de mãos dadas e só retira e/ou empobrece nosso sentido da vida.

Viver é mesmo um grande desafio, não temos o controle, muitas vezes respiramos como se tivéssemos subindo o Himalaia e num pessimismo apavorante de que vamos morrer no meio do caminho porque está difícil demais chegar ao topo.

Mas qual topo você quer chegar? O que deseja alcançar em suas metas? Analisar Sempre é um bom começo. Não somente nesta época de fim de ano.

O convite agora seria para que o Novo Ano venha com um AR menos pesado, com mais entusiasmo e menos sequidão interna.

Viver pode até doer em muitos momentos, mas respirar precisa ser sereno, suave, mesmo numa subida íngreme precisamos parar e concentrar no que estamos realizando. E de preferência munidos de muitas ferramentas importantes para o nosso prosseguir.

Abastecer o nosso eu interno quando o ar estiver ‘raro efeito’ produz recarregamento das energias vitais. O Ar que eu respiro pode ser denso nos momentos críticos, mas não pode ser constante em nosso Viver.

A lucidez da mente traduz sabedoria e nos faz trilhar passos num mundo real e menos fantasioso. Faça a experiência de cuidar da sua saúde mental e veja quão poderosa é esta mola mestra que existe dentro de nós. Pois quando estamos bem emocionalmente podemos Celebrar numa grande solenidade interna, comemorar com exaltação e alegria de imensurável valor.

Que assim Seja o Novo Ano: que possamos CelebrAR!

“Quem me chamou, quem vai querer voltar pro ninho, redescobrir seu lugar, Pra retornar e enfrentar o dia a dia. Reaprender a Sonhar.” - Maria Bethania

Angélica Falci


© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020