• Tendência Inclusiva

O AMOR QUE RESGATA


Coluna Angélica Falci

O Amor que resgata.

O Amor que resgata vem revestido dos sentimentos mais simples, mais nobres e puros.

Porque então vivemos uma forte escassez? onde este amor que resgata se encontra sem referência e num esgotamento que aflige.

O que podemos fazer para não deixar o sentimento esfriar? Fazer mais pelas pessoas que precisam e não deixar que o congelamento domine?

Em geral, dizer sobre sentimentos e principalmente sobre a realeza do AMOR é uma tentativa singela de falar de um todo revestido de várias cores, sabores, contextos e histórias significativas.

Falar sobre o AMOR nos abre um leque que nos conduz a pensar nas emoções que mais englobam nossos desejos e aspirações. Somos seres humanos e desde que nascemos necessitamos ser amados, valorizados, respeitados e reconhecidos como ser único, ímpar e que se encontra na vida por propósitos e desígnios.

Quando uma pessoa passa por momentos tortuosos em sua vida é o AMOR de pessoas próximas que o salva, que nutre sua mente afim de evitar situações mais agravantes. Portanto, o AMOR que resgata tem sim um imensurável poder e todos nós podemos fazer muito mais do que pensamos para ajudar / apoiar uma pessoa num momento de conflito agudo.

Sair do próprio mundo e ajudar as pessoas não é complicado como a maioria das pessoas pensam. É sim uma vivência prazerosa.

Realmente não precisamos ir além do que conseguimos abarcar / absorver. Mas quando uma pessoa se encontra estruturada emocionalmente pode promover bem estar, conforto, resoluções e uma real satisfação dual ou seja; Para o outro e para si mesmo.

Experimente ajudar mais as pessoas que precisam, evidente que dentro do seu potencial e estrutura. Não faça vista grossa diante do possível e emergente. Você viverá a sensação de fazer o bem munido do AMOR que resgata.

Faca este convite a si mesmo!!!!

Angélica Falci


© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020