• Tendência Inclusiva

UMA PARTE DE UM TODO OU UM TODO À PARTE?


Coluna de Rafa Coelho

Na minha última coluna, adiantei que falaríamos do papel da moda e suas divisões.

Considerando a moda como uma tendência de consumo em determinada época ou região, tiramos o foco do padrão corporal do usuário e colocamos o foco no produto. Aí é que está a grande questão: todo tipo de consumidor está apto a consumir a última tendência, ou a dita "moda”?

Deveria, mas não é isso que acontece com quem está acima do peso, quem tem uma estatura abaixo ou acima da média, quem quer respeitar a sua etnia ou quem está na cadeira de rodas, por exemplo. E mais e mais “quem”... Esses foram apenas alguns exemplos.

Assim, conseguimos inferir por que as divisões da moda: moda plus size, moda afro, moda para cadeirantes são tão rechaçadas no mercado, não são consideradas como MODA ou como parte de um todo, mas um todo, uma manifestação à parte.

A nossa luta é para que não haja esses nichos , e que a moda deva contemplar todas essas peculiaridades. Que divisões são essas? Chega de ressaltar as diferenças!

E vocês? O que acham?

Até a próxima !

Rafa Coelho


Foto do Projeto Diversidade da fotográfa Marion Caruso


© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020