• Tendência Inclusiva

OSTEOPOROSE NA LESÃO MEDULAR


Estudos demonstram que oitenta por cento das pessoas com lesão medular apresentam osteopenia ou osteoporose e, esta perda de densidade óssea é identificada nas áreas abaixo do nível da lesão.

Em geral, de trinta a quarenta por cento desta diminuição se detecta em membros inferiores (pernas).

A coluna lombar consegue manter-se intacta, devido ao peso substancial que esta recebe na posição sentada. Portanto pode-se dizer que a não descarga de peso é a causa principal de perda óssea em membros inferiores.

A densitometria óssea é o exame que apontará a condição de seus ossos, mas o mais importante é prevenir que este processo degenerativo e silencioso tome proporções irreversíveis.

Visite um fisiatra que poderá lhe recomendar a dose correta de cálcio e vitamina D que auxilia na absorção deste mineral.

Além dos procedimentos farmacêuticos, algumas atividades físicas específicas beneficiarão seus ossos:

1- Ficar em pé;

2- Atividade física com eletroestimulação. Alguns estudos mostram que a aplicação de FES pode prevenir e/ou estacionar um quadro de osteoporose;

3- Atividade sobre a plataforma vibratória, que mostraram em estudos científicos, o aumento de densidade óssea em animais e humanos.

Também é importante evitar o consumo de álcool, cigarros, cafeína e principalmente o sedentarismo.



© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020