• Tendência Inclusiva

TUTOR E A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL PARA O TRABALHO


Ainda é comum ver empresas selecionarem quais os ‘tipos de deficiência’ vão contratar. Mas pergunto: contratam os profissionais ou a deficiência?

E assim, é comum escutar sobre as dificuldades na contratação de Pessoas com Deficiência Intelectual. Mas por que isso acontece?

- Há muitas pessoas que ainda confundem a deficiência intelectual com a doença mental.

- São poucos os que sabem lidar com a diversidade de ensino-aprendizado, assim como fazer uma comunicação personalizada, conforme o entendimento de cada profissional com deficiência intelectual.

- São poucos os que têm a sensibilidade e o saber lidar com cada situação de comportamentos que possam ser definidos como estereotipados.

Mas no dia-a-dia, podemos ver o quanto um profissional com deficiência intelectual pode acrescentar no trabalho e no desenvolvimento Humano da empresa. Cada um, com o seu jeito de ser, pode sim aprender as tarefas para a sua função e participar para o desenvolvimento de outras. [Gestores, escutem as opiniões deles. A diversidade pode acrescentar (e muito) no diferencial da empresa no mercado competitivo].

Na maioria dos casos é necessário ter um Tutor, no qual será responsável pela mudança e melhoria do trabalho inclusivo, seja para a pessoa com deficiência, seja para toda a equipe dos outros profissionais.

Para a escolha do tutor é importante analisar os perfis, como:

- A pessoa indicada está apta para desenvolver e proteger a causa da inclusão e desenvolvimento de pessoas com ou sem deficiência nas empresas?

-Ele (a) tem pensamentos e atitudes de igualdade nos relacionamentos, com uma visão de aceitação da existência da Diversidade Humana?

-É empático, sabe lidar com tranquilidade e segurança as questões para a causa da igualdade de direitos e deveres?

-Tem conhecimento de como lidar com cada caso. Se não sabe, ao menos tem pró-atividade em buscar informações para este aprimoramento?

- Apresenta facilidade nos relacionamentos intra e interpessoal?[Intrapessoal refere-se ao relacionamento dele (a) com ele (a) mesmo (a), ou seja, tem consciência dos seus próprios aspectos psicológicos e atitudes. Interpessoal, sabe se relacionar de modo saudável com o outro].

- Tem o prazer e a vontade incansável de ser mediador no desenvolvimento do outro?

- Sabe trabalhar e desenvolver a autonomia?

- Sabe argumentar quando for preciso, para defender a causa da inclusão com qualidade?

E assim, o tutor será responsável pela mediação das necessidades da empresa e do profissional com deficiência.

Conforme os relacionamentos vão acontecendo de modo natural, espontâneo e autônomo, o papel da tutoria fica menos evidente. Afinal, este é o objetivo.


#lucianekadomoto

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020