• Tendência Inclusiva

O IDIOMA COMO INCLUSÃO.


Neste século, o mundo globalizado aproximam os países num intercâmbio comercial e cultural. Unindo culturas ocidentais e orientais.

Para essa aproximação todos têm que falar a mesma língua, e se comunicarem. Daí o idioma, ou língua peculiar a uma região, faz a inclusão do cidadão entre as etnias e dentro dela.

Como um fator de inclusão, conhecer ou falar outras línguas compreende a inserção do sujeito num espaço. É meramente inclusiva essa necessidade de falar uma ou mais línguas para fazer parte duma cultura diferente.

Falar o inglês, que é considerado a língua oficial para a comunicação internacional, é de fundamental importância a todos. Também outras línguas como o mandarim, o espanhol, o português e a libras estão neste meio de intercâmbio.

Os idiomas sejam qual for precisam ser conhecidos e vistos como um modo de inclusão social.


#franciscodeassis

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020