• Tendência Inclusiva

TÁ LIBERADO!



O mercado adulto movimenta milhões no Brasil e é um segmento que está sempre em alta.

Para acompanhar este crescimento, muitos locais e estabelecimento estão passando a enxergar o público com deficiência e se adequar as necessidade e particularidades dessa galera que, ao contrário do que muitos pensam, também buscam este tipo de serviço.

Hoje vamos falar um pouquinho das famosas baladas liberais.

As baladas liberais são baladas destinadas a adeptos do swing, ménage, sexo liberal, show de stripers, enfim, um local para casais ou solteiros se encontram para realizarem desejos, fantasias ou mesmo para um papo, sem preconceitos e aberto.

Opa, eu disse “sem preconceitos”? "Tá pra nós", hein galera!

E “tá pra nós" mesmo, porque muitas dessas baladas tem um piso plano, portas largas tanto para as áreas do bar, onde são feitos os shows, como para as áreas privativas (onde o bicho pega), além de banheiro adaptado!


Vou explicar melhor como a coisa funciona!

É assim:

Na entrada, a maioria das casas, funciona como uma balada tradicional, com bar e pista de dança, onde rolam os shows de stripe tease, ali a galera dança, toma um drink, conversa e se diverte, mas é em um local mais privado que se “esconde” o diferencial destas baladas: as salas coletivas, o labirinto, salas de toque, as cabines privativas e mais uma infinidade de locais que mudam de balada para balada. São nesses locais que o público que busca swing, ménage, voyeurismo ou demais práticas podem realizar seus desejos e fantasias.

Mas não pense que é assim, tudo liberado. Nesse mundo liberal também há regras e nada acontece se não for permitido. É possível ir apenas para observar ou conhecer, porém o preço da entrada para homens solteiros é bem “salgado”, o que já não acontece com o valor da entrada para as mulheres solteiras e casais. Pois é, a entrada vária de R$100,00 a R$280,00 nos locais pesquisados.

Ficou curioso? Em São Paulo, capital, quase todas as casas possuem acessibilidade para a cadeira de rodas contando com estacionamento e banheiro adaptado.

Eis aqui alguns locais acessíveis para conhecer: Enigma Club, Imperium e Marrakesh Club.

Agora é com você. Conheça melhor, abuse das possibilidades e divirta-se!


Paula Ferrari é fisioterapeuta, pós graduada em reabilitação neurológica. Trabalho em um centro de reabilitação, na Loja Cavenaghi e também com aulas, cursos e palestras voltados para a temática da sexualidade da pessoa com deficiência. Modelo da agência Kica de Castro. Responsável pelo marketing e treinamento da Thea Eventos. Atleta de dança esportiva em cadeira de rodas pela Equipe Solidariedança, onde já conquistou vários títulos.

pferrari.marykay@gmail.com

#paulaferrari

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020