• Tendência Inclusiva

Ai ai ai! O FRIO E MINHA ARTRITE!


Agora com a chegada do frio, muitos problemas do sistema motor se agravam. Um deles é a artrose – que também é conhecida como osteoartrite.

A artrose é um processo degenerativo crônico que destrói as cartilagens das articulações. Além das cartilagens, esta condição pode também afetar a membrana sinovial e os ligamentos.

O problema de se perder tais cartilagens é que elas servem para promover a movimentação da articulação sem atritos entre duas extremidades ósseas. O comprometimento da cartilagem pode gerar inchaço, limitação de movimento, dor, sensação de queimação local – se você tem esses sintomas, procure consultar um médico ortopedista ou reumatologista. A artrose pode afetar qualquer articulação do corpo, mas é mais comum nas mãos, coluna, joelhos, tornozelos e quadris. Ela afeta, principalmente, idosos, mas afeta também crianças.


Artrose Nodal

Infelizmente não há cura para esta condição. Mas diversos tratamentos podem ajudar a controlar a progressão da doença.


  1. Tenha um médico para acompanhar o seu caso. Infelizmente, isto é necessário. Ele saberá te orientar quanto aos detalhes no tratamento, propondo uma terapêutica adequada às suas necessidades.

  2. Evite a automedicação. Se você está com dor e inchaço na articulação, sem ter uma causa como queda ou batida no local, desconfie e não se automedique. Você pode estar mascarando os sintomas de uma doença que pode diminuir muito a sua qualidade de vida – especialmente na velhice.

  3. O frio piora a minha dor. É comum que em dias frios a musculatura fique mais contraída, diminuindo o espaço articular, deixando as dores mais evidentes. Faça compressas quentes. Mas em caso de uma crise, evite a compressa quente... ela vai piorar os sintomas!

  4. Quais as principais causas da artrose? A artrose pode surgir sem causa aparente, como a idade, por exemplo; e pode também surgir por causas secundárias como traumas nas articulações, obesidade, diabetes, esforços repetitivos, etc.

  1. Qual o tipo de médico que devo procurar? Se você tem uma articulação com estes sintomas, o melhor é procurar um ortopedista. Caso os sintomas ocorram em várias articulações é mais provável que a doença seja sistêmica, então neste caso o melhor seria procurar um reumatologista - pois o problema é bem mais grave e requer uso de medicação.

  2. E a quiropraxia, pode me ajudar? Em casos de dor intensa ou aguda, a quiropraxia é contraindicada. Ajustar uma articulação no momento de crise pode deixar o corpo ainda mais “irritado”, aumentando a reação, intensificando o inchaço, inflamação, dor, etc. Depois de melhorar da crise, a quiropraxia é passa a ser considerada uma indicação relativa e pode ser aplicada a partir de uma decisão clínica. O tratamento de quiropraxia para esta doença pode trazer benefícios, mas eles são limitados.


Cley Jardeweski é Quiropraxista, administrador e professor universitário. Graduado em administração e comércio exterior pela Universidade Positivo (UP); Pós graduado / mestre em administração pela Universidade Federal do Paraná (UFPR); Graduando em quiropraxia pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Autor de dois livros na área de recursos humanos e estratégia empresarial; trabalha como revisor de artigos científicos da Revista Brasileira de Quiropraxia desde 2013. Hoje, apesar de atuar fortemente na administração / gestão de projetos e docência, se considera mais quiropraxista do que administrador – tanto pelo amor a profissão, quanto pela vocação para exerce-la.

www.doutorquiro.com / cley@doutorquiro.com

#cleyjardeweski

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020