• Tendência Inclusiva

NO JOGO DOS RELACIONAMENTOS, A VIDA É UMA ETERNA E DIÁRIA "SEGUNDA CHANCE".


"Quando um vidro se quebra, podemos até colá-lo, mas ele nunca mais será o mesmo". Aprendemos isso desde pequenos como uma analogia à confiança que depositamos no "outro". E crescemos com essa mentalidade acusadora de que "nada será como antes" quando um dos lados se mostra "defeituoso".

Mas acho que no jogo dos relacionamentos, a vida é uma eterna e diária "segunda chance". E não apenas entre casais, mas também entre pais e filhos, amigos, no âmbito profissional, e até na convivência com nós mesmos. Não raro, eu preciso me dar uma nova chance para fazer certo, para tentar ser melhor, para buscar outras realizações e até para renovar a confiança que deposito em mim mesma.

Bobagem pensar que jamais seremos machucados ou que jamais iremos ferir alguém. Assim como construímos nossa história em cima de tentativas de acertos, do mesmo modo somos feitos de deslizes. E nada é mais confortante do que saber que no mundo há pessoas tão imperfeitas quanto nós mesmos.

A vida vai de encontro com o que acreditamos e dar uma segunda chance a ela é ter a grandeza de enxergar as possibilidades do outro e não apenas as limitações.

Por tantas feridas, já cheguei a perder a fé no outro. Mas, graças a Deus, o amor não me deixou paralisar no meio do caminho e me ensinou a continuar a caminhar. A vida é um movimento contínuo de tropeços e recomeços. E se hoje cheguei até aqui foi porque tive muitas "segundas chances" no meu trajeto.



Mariana Monge é jornalista, escritora, blogueira, letrista... Me resumo em frases, aspas, parágrafos e histórias (minhas e dos outros). Fora isso, tenho vários talentos ainda desabrochando em mim e sempre me permito ser algo novo. Três-lagoense por natureza, campo-grandense por criação, mineira por encantamento e carioca por puro deslumbre.

marianamongeoficial@gmail.com

#marianamonge

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020