• Tendência Inclusiva

A INVISIBILIDADE DE CADA UM


Hoje eu assistia a um vídeo que tratava sobre o sentir-se invisível perante a família. Ninguém a escutava, ninguém a via, ninguém a notava.

Pouco importava se ela acordava as 4 horas da manhã para lavar e passar a roupa, deixar almoço pronto, limpar a casa, tudo antes de ir trabalhar. Essas tarefas também não eram vistas por ninguém.

Quando chegava na frente da escola para deixar o filho e os colegas perguntassem quem era ela, o filho respondia “não é ninguém”.

Quando depois de horas em uma festa, pronta para ir embora, olha para o marido que não a nota e segue firme, conversando com os amigos.

Depois de um tempo, ao reencontrar com algumas amigas para celebrarem o retorno de uma delas de outro país, se sentindo ridícula por não ter tido tempo para se vestir melhor, ganha um livro da amiga que tratava sobre a construção das grandes Catedrais, e ela não entendeu o presente até que leu a dedicatória: “Com admiração, por tudo aquilo que você constrói e que ninguém vê”.

A dedicatória foi como um bálsamo em seu coração, pois ao ler o livro que ganhara, ia entendendo o decorrer da própria vida, e que nela, Deus habitava.

A maioria das Catedrais não revela o nome do construtor, pois duram anos, décadas, séculos, e nem por isso deixam de ser admiradas. Fazer algo pelo bem do outro é como plantar uma frondosa árvore, regar, e esperar o tempo certo para que ela cresça, e que ofereça sua sombra para as gerações que vierem.

O ego e o orgulho é que cobram a autoria. O amor apenas executa o que precisa ser feito, da maneira como precisa ser feito, simplesmente pelo servir ao outro.

Se você se identificou com esse texto, não fique triste por ser invisível aos olhos de quem não sabe contemplar um ato de amor. Celebre por ser capaz de realizar algo que só poderia ter sido feito por você.


Santa Madre Teresa de Calcutá em sua infinita grandeza, nos deixou um grande ensinamento:

Entre você e Deus

"Muitas vezes, as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.

Perdoe-as, assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.

Seja gentil, assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e inimigos verdadeiros.

Vença, assim mesmo.

Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.

Seja honesto e franco, assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja.

Seja feliz, assim mesmo.

O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã.

Faça o bem, assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante, Dê o melhor de você, assim mesmo.

Veja você que, no final das contas é entre você e Deus e não entre você e os homens”.

Vale a reflexão.

Toda a ação é importante. Toda intenção de luz movimenta energia de amor. O mundo precisa de paz. E o mundo, começa dentro do nosso coração.

E me permitindo oferecer a dedicatória a você que me dedica tanta atenção: “Com admiração, por tudo aquilo que você constrói e que ninguém vê".

Que na próxima edição eu os encontre em paz.


Krishnaya é Terapeuta Holística com especialização em Acupuntura, Auriculoterapia, Acupuntura sem Agulhas, Massoterapia com Especializações, Numerologia, Radiestesia, Mesa Radiônica Espiritual, Mestre em Reiki em diversos Sistemas, Medicina Tradicional Chinesa, Metafísica, Mantras e Meditação, além de outras formações dentro da área Holística, Alternativa e Complementar. Atua em atendimentos e Cursos Livres no modo online e presencial, além de palestras e Work Shops com Vivências de Coaching Holístico.

www.krishnaya.com

krishnaya@krishnaya.com

#krishnaya

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020