• Tendência Inclusiva

Designer com Síndrome de Down cria manual de diagramação para livros acessíveis.


Livros têm uma importância tão grande em nossas vidas que eles não poderiam estar restritos apenas às pessoas que não enfrentam nenhuma dificuldade de leitura, seja por questões motoras, intelectuais ou visuais. Com isso em mente, a designer gaúcha Fernanda Schaker, que tem Síndrome de Down, resolveu criar um manual.


Designer com Síndrome de Down cria manual de diagramação para livros acessíveis

O intuito do guia criado pela Fernanda é orientar as editoras na hora de fabricarem e diagramarem seus livros, tornando-os acessíveis. O sonho de inclusão também no universo da leitura veio pelo fato da própria designer ser portadora de Síndrome de Down.

O manual foi um dos destaques do III Fórum Municipal de Acessibilidade e Inclusão Social, realizado na Feira do Livro de Porto Alegre. Nele, Fernanda comentou o que as editoras poderiam fazer para transformar os livros em objetos mais acessíveis e como a linha de produção editorial poderia incluir mais quem possui algum tipo de necessidade especial.

O manual criado pela designer, que busca ensinar como se diagrama um livro acessível, levanta diversos pontos a serem observados. Um exemplo é pensar na gramatura do papel, já que a escolha de uma opção mais frágil prejudica o uso de ferramentas especiais para a manipulação das páginas.

Outras maneiras de pensar a acessibilidade são o uso de um clipe de arame que mantenha o livro aberto, a escolha da fonte, os padrões de alinhamentos e os limites do texto. Aplicar todos essas possibilidades de uma maneira mais eficientes pode ajudar pessoas com dificuldades visuais.


Manual de diagramação possui apoio para facilitar a leitura

O guia também possui uma espécie de sobrecapa, que possibilita que ele fique de pé, apoiado em uma inclinação de 20º.

Embora a publicação ainda não possua uma editora, a autora não disanima. O manual nasceu do mais sincero desejo dela, o de democratizar o acesso aos livros para todos. Foi a sua paixão por leituras que a levou a estudar design gráfico: para criar o guia e tornar um livro em algo ainda mais libertador e que promova a superação de todos os limites, inclusive o da Síndrome de Down enfrentado por ela.

Fonte: O Deboísmo - iG @ http://odeboismo.ig.com.br/noticias-boas/2016-11-29/acessibilidade-livro.html


© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020