• Tendência Inclusiva

VALORIZANDO AS DIFERENTES BELEZAS.


É certo que a beleza vem de dentro, do estado de espírito de cada um, mas quem não merece uma oportunidade de se produzir, realçar o que tem de melhor e sentir-se ainda mais bela? O ensaio fotográfico para compor a exposição Retratos Inclusivos da fotografa Kica de Castro, promovido pela Revista Digital Tendência Inclusiva e Kica de Castro Fotografias, contou com vários profissionais da área da beleza ajudaram na produção das mulheres selecionadas e criaram um resultado encantador. Poder ressaltar a beleza de cada uma destas mulheres, levando em conta a sua personalidade, sua história de vida e seus sonhos, foi uma experiência indescritível. Ver nos olhinhos de cada uma delas um brilho intenso, ver a alegria de se sentirem únicas e maravilhosas é muito gratificante. Este ensaio que irá compor a exposição Retratos Inclusivos veio mostrar que os padrões de beleza na verdade não existem. Independentemente de uma deficiência, uma dor, ou de qualquer característica especial, cada uma das selecionadas possui uma beleza única. O clique eterniza esse momento, mas são elas mesmas que nos presenteiam (e se surpreendem) com o que têm de mais belo.

Na coluna de dicas de maquiagem e beleza, venho falar um pouco sobre como valorizei a beleza destas mulheres.

Para cada tipo de pele, para cada formato de rosto, para cada personalidade, uma maquiagem diferente.

Para o rosto da Nicole Samira, uma das mulheres selecionadas, que tem o formato bem redondo, eu caprichei no famoso "contorno" que as mulheres amam, mas que nem sempre sabem a necessidade do uso. A técnica do contorno serve para, além de afinar o rosto, "corrigir" alguns formatos, dando maior equilíbrio à face.

Para fazer isto, dois produtos são essenciais, o iluminador e um produto com um tom mais escuro que a própria pele. Podemos utilizar uma base mais escura, um corretivo ou mesmo um pó facial mais escuro para fazer este contorno, podendo diminuir a testa e afinar as bochechas, deixando o rosto mais comprido. Já o iluminador vai ressaltar as partes mais altas da face, como a maçã do rosto, trazendo mais sensualidade ao visual.


Nicole Samira

Para maquiar a querida Iole Marques, eu usei uma base siliconada, que dá mais plasticidade ao rosto, não deixando evidente as ruguinhas da pele madura. Aviso às navegantes que após os quarenta e cinco anos de idade, já temos pele madura!!! Para a pele, como a dela, o ideal é utilizar produtos pastosos, como o blush, o iluminador e até mesmo as sombras pastosas, que vão evitar os "trincadinhos" na maquiagem. São mais fáceis até mesmo para aplicação. Lembrando que para toda maquiagem ficar com a pele bem bonita e uniforme, é preciso usar hidratante primeiramente, e no caso da pele madura, produtos especiais para uma boa hidratação são muito bem-vindos.

Eu costumo fazer uma drenagem linfática na região da pálpebra inferior com sérum ou um óleo mineral. Isto fará diminuir a bolsa abaixo dos olhos e ao mesmo tempo irá hidratar esta região que é a que mais realça as linhas de expressão na hora de usar a base e corretivo.


Iole Marques

Para maquiar a pele negra, que na maioria das vezes é bem oleosa, é bom evitar o hidratante e optar pelo primer que irá garantir maior duração da maquiagem e deixará a pele mais homogênea. Geralmente, uma pessoa de pele negra tem dois ou três tons diferentes no rosto. Para uniformizá-la, é importante que se use diferentes tons de base. Próximo a boca e a raiz do cabelo, por exemplo, a pele é mais escura. Os tons de base ideais para a pele negra são sempre os mais quentes.

As cores de iluminadores usados na pele negra também são diferentes dos iluminadores usados na pele branca. Os iluminadores ideais para a pele negra devem ser mais dourados, pois os tons perolados e claros deixam a pele negra acinzentada.

O blush deve ser mais pigmentado, como o blush usado na Tatiane Reis, para não ficar muito apagado no rosto, deixando um visual pálido. As sombras e batons que gosto de utilizar na maquiagem para a pele negra são também mais quentes. O marrom usado é sempre mais quente, uma sombra ferrugem é uma excelente opção.


Tatiana Reis

E para finalizar, um batom nude, pois já usamos uma sombra e um blush que destacaram bastante na maquiagem, mas o batom vermelho é sempre uma escolha acertada para a pele negra, porque cria um contraste muito bonito e sofisticado.


Fernanda Comelli é maquiadora com experiência em moda, maquiagens sociais e cursos de auto-maquiagem. Sua formação inclui cursos com Vanessa Rozan, Bruno Cândido e Fairuze Reis, Além de cursos para penteados na Pivot Point do Rio de Janeiro. Seu trabalho vai desde makes para eventos sociais, para produção publicitária, desfiles e produção de moda e até a maquiagem cotidiana, que faz toda a diferença.

www.facebook.com/fernanda.comelli.1

www.instagram.com/fernandacomelli

fernandacomelli@hotmail.com

#fernandacomelli

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020