• Tendência Inclusiva

DICA 4: CUIDE DA SUA SAÚDE, CUIDE DE VOCÊ!


A tendência natural é que com o passar dos anos a fragilidade física aumente. Uma dor aqui, um desgaste articular ali é o mínimo que acontece. Realidade que demanda mais cuidados com a saúde.

Uma forma de ser mais certeiro nesses cuidados é saber exatamente quais são as partes mais frágeis do seu corpo, incluindo a mente, e que por consequência demandam mais atenção. A coluna? O coração? As emoções? Quais ações você precisa realizar para que o pequeno problema não se agrave e te impeça de fazer o que gosta.

Está com check-up em dia? Prevenção é fundamental! Quantas pessoas morrem porque não procuraram ajuda a tempo, no início daquela dorzinha ou incômodo? Já ouvi que “doença a gente só tem quando sabe”, mas esse é um raciocínio que pode levar a prejuízos irreparáveis. Muito melhor prevenir do que remediar.

Estudos mostram que mulheres no Brasil vivem mais e um dos motivos é porque buscam ajuda com mais frequência. Infelizmente homens apresentam mais resistência em receber cuidados.

Atividade física regular e alimentação balanceada são outras iniciativas que estamos cansados de saber que são importantíssimas, mas poucos realmente conseguem executá-las, porque envolvem mudança de hábito, que envolvem esforço. Quem está disposto a sair da zona de conforto e lutar por melhorias?

Cada um é responsável por cuidar de si. Recebemos ajuda, mas o comandante é você.

Concluindo, as dicas de hoje são:

- Reconheça os pontos fracos da sua saúde - Procure profissionais da área quando perceber que algo está diferente. Não espere o problema se agravar. - Saiba receber ajuda. Todos nós precisamos de cuidados desde que nascemos. Na velhice não é diferente. - Faça check-up anualmente. - Faça atividade física regular e coma bem. - Inclua-se na lista de pessoas a quem oferece cuidados.



Cecília Xavier é graduada em Terapia Ocupacional pela Faculdade de Ciências Médias de Minas Gerais (2002). Mestre em Ciências da Reabilitação pela UFMG, apresentando a dissertação de título: "Arranjos ocupacionais na aposentadoria de idosos saudáveis". Especialista em Terapia Ocupacional com ênfase em Saúde Mental pela UFMG. Realizou aperfeiçoamento em Psicopatologia Clínica pela Universidade de Barcelona. Foi professora substituta do Departamento de Terapia Ocupacional da UFMG, onde uma das disciplinas ministradas foi sobre o desenvolvimento humano na velhice. Atualmente trabalha na FHEMIG (Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais), onde está implantando o 1o Programa de Preparação para Aposentadoria (PPA) para os servidores da rede composta por 14 mil funcionários. Como projeto pessoal está estruturando um PPA virtual e investindo seus estudos e práticas na assistência a idosos. Também atende a mesma clientela em consultório particular desde o início da carreira.

www.facebook.com/trampolim60mais

trampolim60mais@gmail.com

#ceciliaxavier

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020