• Tendência Inclusiva

A FORÇA DO FUTEBOL DE AMPUTADOS EM MG.


A Associação Mineira de Desporto para Amputados (AMDA), organização sem fins lucrativos, foi fundada em 2005, em Belo Horizonte, trazendo três modalidades esportivas: vôlei sentado, corrida de rua e futebol para amputados. A modalidade futebol para amputados existe já há mais de 20 anos, porém só passou a participar de campeonatos brasileiros após a fundação da AMDA.

A Associação tem o intuito de integrar a pessoa com deficiência na sociedade através do esporte, que acredita ser uma ferramenta poderosíssima de transformação do ser humano. Seus atletas impressionam com tanta habilidade que possuem com a bola. Ao contrário de que alguns falam, esses atletas não são artistas, mas atletas ágeis e muito dedicados.


A AMDA atualmente possui um time de vôlei com cerca de 14 atletas, um time de futebol com 20 atletas em treinamento e 5 atletas corredores de rua. "No vôlei, fomos vice-campeões brasileiros da série C em 2014. No futebol temos vários títulos, 02 vice-campeonatos brasileiros, 01 título de 3º lugar no brasileiro, sendo que atualmente somos vice-campeões brasileiros no futebol. Na corrida de rua, participamos como paratletas amadores, que já correram meia maratonas (21Km)”- nos conta Ângelo Andrade, paratleta e tesoureiro da AMDA.

As diferenças nas regras, comparadas ao futebol convencional, é que, no futebol para amputados, o campo é menor quando comparado ao futebol convencional, geralmente com grama sintética, mas é não obrigatório ser esse tipo de gramado. Ângelo nos conta que como jogam o futebol com muletas, o lateral é realizado com o pés ao invés das mãos. E, basicamente, as muletas não podem tocar na bola, caracterizando-se como extensão dos braços, ou seja, “mão na bola”. Para serem jogadores do vôlei ou do futebol (jogadores de linha) os paratletas são amputados de uma perna ou então tiveram má formação ao nascimento. O goleiro, no caso do futebol, tem que ser amputado de um braço.

A Associação tem uma equipe forte, com vários atletas que estão na Seleção Brasileira de Futebol para Amputados e disputaram o Tricampeonato da Copa América no México, de 21 a 29 de novembro de 2016: Rodnei de Jesus, 27 anos, que perdeu a perna devido a acidente de trânsito; Breno Gonçalves, 21 anos, perdeu a perna por acidente em linha férrea; Edivaldo Venâncio, 44 anos, atual presidente da AMDA, um dos fundadores, e lutador com afinco do paradesporto mineiro e nacional; José Antônio, conhecido como Tinoco, 50 anos, um grande jogador na posição de zagueiro.


Também jogam Carlin Rodrigues e Felipe Lucas, que perderam a perna devido ao câncer, mas são eternos apaixonados pelo futebol e descobriram na Associação que podem ser o que quiserem na vida, basta lutar, lutar e lutar pelos seus objetivos. Grandes promessas do futebol mineiro!!! Ronan do Espirito Santo, 40 anos, além de grande atleta do futebol, também é jogador do vôlei sentado e corredor de rua, um atleta dedicado 100% ao esporte.

Todos sabemos que esporte na vida das pessoas só traz benefícios positivos. O futebol para amputados além de integrar é muito emocionante e contagiante para quem assiste. Vale a pena conferir!

Para quem quiser conhecer ou praticar os esportes disponibilizados na AMDA basta acessar as páginas no facebook https://www.facebook.com/amda.amda ou https://www.facebook.com/amdabh/ ou entrar em contato por e-mail amdabhmg@gmail.com



Adriana Buzelin é criadora e editora da Revista Digital Tendência Inclusiva, Produtora do Programa Viver Eficiente, Coordenadora da Secretaria do PV Mulher do Estado de Minas Gerais e de Direitos Humanos e Diversidade do Partido Verde de Belo Horizonte. Cursou relações públicas, produção editorial e design gráfico. Modelo publicitária antes de se acidentar, hoje faz parte da agência de modelos inclusivos Kica de Castro. É a primeira mergulhadora tetraplégica mineira registrada pela HSA. Adriana luta pela inclusão social, pela diversidade em todos seus aspectos, pelas mulheres e pela aceitação das diferenças.

www.adrianabuzelin.com.br www.facebook.com/adrianabuzelinplanteessaideia

contato@adrianabuzelin.com.br

#adrianabuzelin

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020