• Tendência Inclusiva

KOISAS DA TERRA


A colheita de um bistrô e o plantio do sonho de inclusão

Quando a inauguração de um espaço gastronômico é tema de resenha, naturalmente a crítica especializada atenta-se à cozinha, aos pratos, sabores, aromas, ambiente, à proposta, ao atendimento... e ainda bem que alguns casos ultrapassam esses limites.

Nessa quinta-feira, dia 9 de novembro, será inaugurado no bairro Jaraguá, em Belo Horizonte (rua Igino Bonfioli, 95), o espaço Koisas da Terra: Bistrô e Cozinha Escola. O ambiente delicado, sonhador e aparentemente despretensioso revela parte da personalidade de sua fundadora, a chef, professora de gastronomia e psicopedagoga Rosi Máximo. Rosi transformou a maior parte de seu antigo imóvel domiciliar em um estabelecimento com dois ambientes independentes, porém interligados, abrindo mão de seu conforto para a consolidação de seu projeto de vida e missão social, superando todo tipo de obstáculos para levar adiante sua concepção de “Cozinha com amor”.

O Bistrô, já preparado para o funcionamento e para receber eventos de pequeno porte, possui 38m² de aconchego, perseverança e muita energia positiva revelada nos caprichosos e coloridos detalhes. Já a Cozinha Escola, ambiente com 43m², deverá sediar cursos e oficinais de Rosi e de seus parceiros gastronômicos para todo tipo de público, abrindo as portas para a realização sustentável de um sonho ainda maior. O espaço da Cozinha Escola Koisas da Terra também irá sediar o “Projeto Semente & Fruto – Cozinha Inclusiva”, que terá o objetivo de oferecer oportunidade de inclusão social e profissional para a população de baixa renda através do ensino de técnicas gastronômicas, formando turmas especiais para pessoas com deficiência (PcD), utilizando a gastronomia como ferramenta de profissionalização e de terapia ocupacional. O espaço, inclusive, já fora pensado e adaptado para receber pessoas com deficiência.

Segundo Rosi Máximo, “a gastronomia pode ser um meio de transformação de vidas, pois quando se cozinha com amor, falamos ao coração e aos nossos sentidos que sempre podemos tentar, aprimorar, sentir e ir além das limitações”. Rosi ainda completa: “Este projeto (Semente & Fruto) é uma forma de expressão do meu amor incondicional com um olhar respeitoso para com a inclusão social, econômica, locomotora, visual, intelectual e auditiva. Uma oportunidade para fazer e ser o sentido para todos os indivíduos que desejam o diferente.”

A história e o plano de Rosi Máximo para o espaço têm aproximado pessoas relacionadas à causa e que começam a se dispor para ajudar a tirar o projeto Semente & Fruto do papel. Entre as colaboradas, está Adriana Buzelin, artista plástica, modelo, ativista e editora chefe da revista digital Tendência Inclusiva. Adriana é tetraplégica e idealizadora da exposição fotográfica “Retratos Inclusivos” (em parceria com a fotógrafa paulistana Kica de Castro), celebrando a diversidade feminina. Está nos planos de Rosi expôr essas obras no bistrô. Adriana acredita que “a vida é cheia de perdas e danos. Não tenho que encarar a exclusão porque porto uma deficiência. O ser humano pode conquistar novos caminhos e mudar sua vida”. O apoio de Adriana chega em boa hora, já que o projeto Semente & Fruto ainda precisa de outras parcerias institucionais e colaborações financeiras para iniciar as primeiras turmas.

A fundadora, Rosi Máximo, estima que já investiu cerca de R$80mil para a reforma base do espaço Koisas da Terra, mas ainda precisa de cerca de R$40mil para concluir a montagem da Cozinha Escola. O montante será necessário para a aquisição de eletrodomésticos, utensílios de cozinha e móveis para a composição do espaço. Vontade e trabalho não vão faltar para a conquista dessa etapa e quem puder colaborar com o Projeto Semente & Fruto – Cozinha Inclusiva, basta entrar em contato com Rosi Máximo pelos contatos: rosimaxim@gmail.com / (31) 99701-2332.


#tendenciainclusiva

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020