• Tendência Inclusiva

ORGULHO DE SER


Vamos tentar elucidar duas vertentes a respeito do sentimento ORGULHO. Muitas vezes condenado pelo excesso e destrutivo de muitas relações e em algumas vezes necessário para que possamos nutrir o nosso amor próprio.

Visto como um sentimento de validação das capacidades pessoais, faz com que uma pessoa se sinta positiva com suas conquistas e empenho diante dos seus objetivos. Um certo combustível da autoconfiança, uma forma de elogiar a si mesmo. Alguns, até mesmo consideram como ato de justiça pelo reconhecimento de existir, realizar, empreender, SER.

Visto do ponto de vista ideológico pode ser sinônimo de soberba/arrogância. Mecanismo de pura vaidade e ostentação de si mesmo. Esses dois pontos podem realmente gerar muita confusão na aplicação prática do conceito. Pois tanto pode ser visto numa ótica positiva como também negativa. Pois ser uma pessoa muito orgulhosa de si nem sempre é vista com bons olhos em nossa cultura, mas do ponto de vista psicológico ser orgulhoso de SER faz sim toda diferença no posicionamento diante os desafios da vida.

Uma pessoa que apresenta orgulho de si mesmo nem sempre significa ser arrogante/prepotente e sim alguém com projeções mais firmes do que busca e acredita, do desejo de viver bem e sentir-se digno.

Portanto, pelo lado psíquico, considerado fator predominante para produzir satisfação e sensações de uma boa estabilidade. Claro, que um orgulho exacerbado poderá levar ao egocentrismo intenso e assim numa carretilha produzir o individualismo engessado, superestimação de si, narcisismo patológico, dentre outros sintomas.

Mas irei me ater ao ponto de vista positivo.

Sentir orgulho de Ser é um fator determinante para o alcance do sucesso, principalmente no âmbito familiar, social e profissional.

Sentir-se honrado por suas conquistas areja por dentro e modifica tudo que sentimos de negativo, credibiliza nossas potencialidades e nos faz ter mais crença na vida.

Quando utilizado com sabedoria o orgulho traz muitas vantagens, pois se sentir honrado é um sentimento muito forte para que possamos continuar e SONHAR com os pés no chão. Caminhar por terrenos menos áridos e mesmo diante dos vazios existenciais não perder o prumo de si mesmo.



Angélica Falci é Psicóloga Clínica, Especialista em Saúde Mental/ Psicopedagogia. Foi gestora de Recursos Humanos na empresa SemeaRH, realizou atendimentos públicos na área de Saúde Mental e atualmente atende em clínica particular. Articulista de Revistas realiza seu trabalho em prol de um melhor trânsito a vida.

www.cliqueemocional.com/

angelfalci@hotmail.com

#angelicafalci

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020