Simone Strelow

e o Piquenique da Inclusão

 

Mãe de dois filhos autistas, Simone é a idealizadora do Pequinique da Inclusão. A ideia surgiu conhecendo a história de muitos pais que tem filhos com necessidades especiais em muitas salas de espera de clínicas e terapias. Acreditando na informação e na integração, o Piquenique da Inclusão vem aí em sua segunda edição para mostrar a sociedade que a diferença é apenas mais um detalhe a ser respeitado com muita alegria e amor.

Duda, linda e cansada,

depois de muita bagunça.

Foto: Eduardo Guilhon

Como surgiu a ideia do projeto Piquenique da Inclusão?  Qual objetivo deste projeto?

 

A ideia surgiu depois de ver um piquenique feito em São Paulo para famílias de autistas, como vejo muitas crianças especiais na clínica onde meu filho faz terapia, numa conversa com a fonoaudióloga que o atende, pensamos em fazer algo parecido por aqui, mas que envolvesse todas as crianças, com e sem necessidades especiais, para mostrar que criança gosta mesmo é de se divertir, independente de sua condição. Nosso objetivo é proporcionar isso, diversão e inclusão, quebrando qualquer preconceito.

 

Nos conte quando e como foi o 1º Piquenique da Inclusão? 

 

O primeiro Piquenique da Inclusão, aconteceu no ano passado, dia 15 de novembro, um dia ensolarado, ficamos surpresos com a aceitação, muitas crianças brincando juntas, e o mais bacana, sem se incomodar com as diferenças, ficou nítido que precisaríamos tornar isso uma tradição, e fazer dessas pequenas crianças, adultos conscientes e tolerantes, que respeitam e admiram as diferenças, foi lindo ver todos brincando juntos, divido experiências, e fazendo novas amizades. Uma das conquistas também foi ver as famílias interagindo e descobrindo que não estão sozinhos.

Simone e seu filho caçula Nicolas - Autista 

Como você percebe os benefícios deste projeto tão lúdico e interativo?

 

Percebemos o quanto as pessoas podem ser boas ainda, só precisam de uma direção! Nosso bairro abraçou o piquenique, e em nossa rua, as crianças ficaram mais tolerantes, diminuindo a discriminação, acho que precisamos de mais ações como essa, principalmente fora do eixo Rio-São Paulo, é preciso falar de inclusão sempre, e em todos os cantos do nosso Brasil.

As pessoas que tornaram o sonho do projeto Piquenique da Inclusão possível, pessoas incríveis que acreditam nessa ideia é não medem esforços para tornar esse dia perfeito!

Participantes do Primeiro Piquenique da Inclusão.

E nem só de crianças o piquenique da inclusão é feito!

Hora do sorteio dos brindes!

E os palhaços animaram ainda mais a nossa tarde!l

Palhaço Pirulito contando estórias e deixando a criançada encantada.

Dia 9 de maio será o 2º Piquenique da Inclusão, onde será e  como participar?

 

O endereço é o mesmo do último, Rua Carlos Roesel, 111 - Fundos - Bairro Itoupava Central -Blumenau/SC para participar, basta trazer sua alegria, e um lanche!

 

Algumas pessoas trazem lanche coletivo, outras apenas pra si, a decisão é por conta de cada um.

Como colaborar com o Piquenique da Inclusão?

 

Estamos ainda procurando patrocínio para os brinquedos infláveis e doações de brindes para o sorteio, como roupas, brinquedos e calçados. 

Estamos também fazendo este ano, uma campanha do agasalho, o inverno está chegando e podemos fazer a diferença para quem precisa. 

 

Quem quiser ajudar, pode deixar seu recado inbox em meu perfil no facebook (https://www.facebook.com/sgstrelow) ou mandar e-mail para sgstrelow@gmail.com.


 

Quem é Simone Gadotti Strelow e que recado deixa para os leitores da Tendência Inclusiva?

 

Sou uma mãe preocupada com os filhos que está deixando para o mundo, e que tenta ensiná-los que o fato de serem autistas, não os define, que eles podem e são bem mais que apenas um diagnóstico, sou uma eterna inconformada, que não entendo como pessoas podem excluir, magoar e discriminar uma pessoa por ser diferente e vou sempre lutar para mudar isso.

 

E claro, sou uma eterna otimista que acredita que os bons são a maioria, e aos poucos vou tendo a certeza que estou certa, o piquenique nos provou isso ano passado.

 

Meu recado para os leitores é que não esqueçam nunca que o fato de sermos diferentes só nos agrega, que podemos aprender muito mais com essas crianças do que supomos, e que o mais importante é nunca deixarmos de acreditar nesses pequenos grandes heróis.

Palhaço Geleia, fazendo a alegria de todos!

Para contato com o Piquenique da Inclusão:

 

https://www.facebook.com/events/770045773071426/

 

sgstrelow@gmail.com

Fotos: Eduardo Guilhon

 

 

por Adriana Buzelin em 30/04/2015

© Copyright Tendência Inclusiva  2014 / 2020

E os palhaços animaram ainda mais a nossa tarde!l